Imagem ilustrativa/internet

A recomendação mudou e agora o Ministério da Saúde indica que até pessoas sem sintomas usem máscaras de tecido ao sair de suas casas para ir ao mercado ou à farmácia. E isso inclui as crianças. Nos EUA, por exemplo, o CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças) diz que crianças de 2 anos ou mais devem usar uma cobertura de pano no rosto, cobrindo o nariz e a boca, quando estiverem fora de casa

A medida faz sentido, mesmo elas sendo o grupo de menor risco. Um estudo chinês feito com 2.143 crianças mostrou que elas são suscetíveis a complicações graves, mas que 90% são casos assintomáticos, leves ou moderados. Isso significa que, mesmo que ela tenha o novo coronavírus, ela pode não ter sintomas e, sem máscara, pode disseminar o vírus sem saber. O CDC considera o uso de coberturas faciais pelas crianças algo tão importante quanto o distanciamento social, a limpeza frequente das mãos e outras ações preventivas cotidianas. “Uma cobertura de tecido para a face não se destina a proteger o usuário, mas pode impedir a propagação de vírus para outros”, diz o órgão

Menores de dois anos

É importante ressaltar que bebês e crianças menores de 2 anos não devem usar máscaras. Eles têm vias aéreas menores e respirar por meio de uma máscara pode ser mais difícil e aumentar o risco de asfixia. Os pais também não devem colocar o objeto em quem não consegue removê-lo sozinho, justamente pelo risco de asfixia.

Por isso, bebês não devem ter seus rostos cobertos.

Máscaras de tecido

A mudança na recomendação da máscara de tecido ocorreu após estudos chineses mostrarem que um grande número de infecções acontece a partir de pessoas assintomáticas, que poderiam jogar no ar gotículas contaminadas ao falar, por exemplo.

A máscara, então, funcionaria como uma barreira física para essas partículas maiores. Mas ela também veio a calhar em um momento que máscaras cirúrgicas e respiradores N-95 se tornam escassos, até mesmo para profissionais de saúde.

Segundo o Ministério da Saúde, para ser eficiente como uma barreira física, a máscara caseira precisa seguir algumas especificações, que são simples. É preciso que a máscara tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja dupla face. Ela ainda deve ser individual e ter as medidas corretas para cobrir totalmente a boca e nariz, sem deixar espaços nas laterais. A pasta ainda diz que ela deve ser lavada com sabão ou água sanitária, deixando de molho por cerca de 30 minutos.

Depois, só ser usada quando estiver completamente seca. “Agora, é lutar com as armas que a gente tem.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta