Manter a disciplina e dedicação com dietas e exercícios físicos é indispensável para conquistar uma boa forma, mas há  momentos em que desejamos dar um gás extra na eliminação da gordura localizada, e é exatamente nesse quesito que a aplicação de enzimas tem se destacado. Submeter-se a um procedimento estético requer atenção e análise das possíveis  reações positivas e negativas, por isso é fundamental conhecermos um pouco mais como funciona a aplicação de enzimas e sua contribuição para a perda de peso. e redução de medidas

Escolhi esse método e já estou na segunda sessão .Estou fazendo com o Biomédico Esteta Dr. Ricardo Mota na Clínica Pró vida em Itapetinga onde ele atende todas as terças-feiras ,mas também atende na Clínica ENCORPE em Vitória da Conquista – BA

O que é a aplicação de enzimas para gordura localizada?

Esse procedimento também pode ser chamado deMesoterapia (se aplicada de forma intradérmica), e consiste na aplicação de enzimas. Elas são aplicadas através de injeções com agulhas bem finas, que consistem na combinação de 4 a 6 elementos diferentes, os quais contribuem positivamente para a eliminação da gordura localizada.

A junção dessas substâncias induz à 

quebra das moléculas de gordura, sendo assim eliminadas por meio do suor, fezes ou até mesmo urina.

Como funciona?

A aplicação de enzimas pode ser feita por dois modos: a primeira é via intramuscular, que visa a eliminação de peso 

corporal total, aplicada na região glútea. A segunda opção é que a aplicação seja subcutânea, sendo aplicada diretamente na região onde deseja eliminar a gordura localizada.

A aplicação de enzimas consiste na aplicação de medicamentos com enzimas na camada de gordura que fica localizada sob a pele, local onde é possível identificarmos a maior concentração de tecido adiposo.

As combinações de enzimas podem variar de acordo com os estabelecimentos, e os resultados não contam com a definição de prazos para serem notados, ou seja, variam de acordo com as características pessoais, como idade, dieta, exercícios físicos, mas afirma-se que é possível notar diferenças a partir da primeira semana após a primeira sessão.

É necessária uma limpeza com álcool 70% da região onde ocorrerá a aplicação das enzimas, em seguida são feitas algumas punções intradérmicas. Se você é uma daquelas pessoas que se intimidam com dores, especialistas afirmam que elas variam de acordo com a sensibilidade de cada indivíduo. Leves ardores são comuns durante a aplicação, mas profissionais indicam que mulheres evitem se submeter ao procedimento em dias de menstruação, pois há maior probabilidade de estarem mais sensíveis.

Flacidez

Não pense que a aplicação de enzimas ajuda a eliminar  apenas a gordura localizada. Assim como o colágeno, os demais componentes utilizados no procedimento também podem oferecer um bom suporte para a redução de flacidez, desconforto muito comum em mulheres que perderam muito peso, mas lidam com excesso de pele.

Pré e pós-procedimento

Um dos principais pontos positivos da aplicação de enzimas é que não há preocupação com pré e pós-procedimento, o que possibilita que você mantenha sua rotina normalmente, apenas evitando expor a região ao sol.

Efeitos colaterais

Após o procedimento podem surgir inchaços e algumas manchas roxas, principalmente no caso de pessoas que possuem muitos vasos, a agulha utilizada pode atingir um deles. Dermatologistas recomendam que não haja exposição da região ao sol, pois ele pode contribuir para que as manchas fiquem mais evidentes.

Maiores informações podem ser repassadas na hora da consulta de avaliação,onde todas as dúvidas podem ser esclarecidas.

Ricardo Mota – Biomédico Esteta – Clinica ENCORPE – Vitória da Conquista

Avenida são Geraldo – Centro

Contato (77)3421-6636

(77) 98143 – 9770 Contato para agendamento em Itapetinga

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta